Etiquetas

sábado, 31 de janeiro de 2009

Bandeira de Italia

A história da bandeira de Itália é muito complexa

Segundo Valerio Fiorini as cores vieram dos uniformes da milicia Civica de Milão que eram brancos e verdes. Com um pouco de vermelho. Em Outubro de 1976 foi constituido a Legião da Lombardia que adoptou as cores tradicionais á milicia de Milão. E assim todas as legiões teriam que ter nos seus uniformes estas cores.

Napoleao disse que " as cores nacionais para adoptar são o verde, branco e vermelho". E assim ficou... Estes padrões serviram para o primeiro modelo da bandeira nacional. Mas a primeira bandeira a assumir estas cores foi a da Região da Cispadana em 7 Janeiro de 1797. Mas em linhas horizontais....

No dia 17 de Julho de 1797 , as Republicas da Cispadana e da Transpadana uniram-se. Dai nasceu a Repulica da Cisalpina que em 11 de Maio de 1798 adoptou aquela que hoje é a bandeira italiana.... A data oficial da sua adopção foi de 20 de Agosto de 1802 quando a Republica já era italiana.

Napoleao queria fazer uma bandeira parecida com a da França. Mas substitui o azul pelo verde. Sua cor favorita

Símbolos

O verde significa Liberdade

O branco Igualdade

O vermelho Fraternidade

Aonde é que já ouviram isto?

5 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

É impressionante a influencia de Napoleao Bonaparte nos seus anos...

A bandeira francesa e a .... italiana, vá se lá saber porquê!

Space_aye disse...

Lol. Interessante.
Não sabia disto.
Provavelmente foi no tempo em que Napoleão conquistou Itália.

Francisco Castelo Branco disse...

Foi pois...

As raizes de Napoleão ficaram para sempre....

E a bandeira é o simbolo mais forte de um país.

Ele não só teve influencia na configuração da sua bandeira (quando apresentarmos a bandeira francesa veremos que assim foi...) como manteve o seu poder extra-muros

Interessante não é?

Só mostra o quanto ele era poderoso e influente...

Nacir Sales disse...

Franciso Castelo Branco,
A bandeira brasileira não contém o vermelho que, óbvio, representa o sangue. Não temos em nosso símbolo o sangue derramado. Considerando a história e as bandeiras das diversas nações sinalizamos com um diferencial de valor, afinal a bandeira é um artefato de sinalização.
Neste post e no anterior,em que trata das cores da bandeira de Portugal, o vermelho foi tratado com toda a poesia, emprestando os mais expresivos significados que a forte cor desperta. Mas, convenhamos, para um símbolo, um sinal de soberania, o vermelho representa é sangue mesmo, o sangue derramado ou aquele que a pátria cobra dos seus filhos que seja derramado em uma guerra injusta qualquer. O vermelho em qualquer bandeira representa a equivocada supremacia do estado sobre o indivíduo, no pavilhão lembra aos seus nacionais que o seu sangue esta hipotecado para a nutrição da política transitória que em determinado momento histórico detém o poder: o poder sobre a vida, as opções e escolhas de seus nacionais. Este é o verdadeiro significado do vermelho nas bandeiras vermelhas, o resto é poesia.

Francisco Castelo Branco disse...

Nacir

Ha muitas formas de encarar o vermelho. E na bandeira de Portugal o sangue é encarado como a coragem, a frontalidade, a vontade de combater. O sangue que os portugueses derramaram pelo seu país....
Nao acho que o resto seja poesia...
Ha muitos significados para o vermelho, e bons!

Share Button