segunda-feira, 10 de Novembro de 2008

Qual a natureza do Ser Humano?

Todos nós temos dois lados: O bom e o mau.

Mas qual é aquele que nos domina?

Desde a sua infância, passando pela adolescência, chegando até à fase adulta, o Ser Humano tem tendência para gozar, mentir, humilhar, matar, entre outras situações. Todas estes maleficios fazem parte do crescimento humano. Na infância é normal alguns miudos serem gozados por outros......Na adolescência, o mentir sobre as notas, o esconder certas situações. Na fase adulta a tentativa de se apoderar de certos bens para beneficio próprio.

Todas estas situações são gerais. Fazem parte do nosso quotidiano, estão presentes no dia-a-dia, fazem parte de nós. Isto leva-nos a perguntar se já "nascemos" com esta caracteristica ou vamos adquirindo-a ao longo da nossa vida.

Egoísmo, ciume, inveja, são palavras que cada vez mais estão presentes no dia-a-dia.

Será que o lado mau não nos deixa aproveitar o bom?
Pergunto igualmente, porque razão actuamos assim. O que nos leva a agir assim?
Numa sociedade cada vez mais egoísta e desprovida de valores, em que o individual se sobrepõe ao colectivo, estas situações tendem a ser mais frequentes.
Qual a verdadeira natureza do Ser humano?

21 comentários:

korrosiva disse...

Antes de mais temos de ter sempre em mente que o ser Humano, apesar de animal racional, não deixa de ser um animal e como tal reage por instintos.

A educação (ou a falta dela) serão a base do que somos e como somos.
Se algumas crianças foram gozadas na infância, houve quem o fizesse e quem lhes desse a mão..

O geral não é o todo, haverá sempre a individualidade e a livre escolha.

A moral existe, nem sempre está presente, mas não deixa de ser parte inerente do ser humano.

O Homem, não está mais sacana.. sempre o foi!!
Está apenas mais visivel!

Francisco Castelo Branco disse...

Mas aí que está! É nesse sentido que faço a minha pergunta

Porque razão? Porque é que o homem sempre foi sacana.... Será que nasceu com esses valores? Ou foi aprendendo durante a vidA?
E os bons valores? não nascem connosco? Ou só os aprendemos ao longo da vida?

Porque razão é que na infancia tendemos para gozar com os outros?

A minha ideia é que o ser humano já nasce com esse lado mau e durante a vida escolhe o seu caminho: Ou muda ou continua na mesma

Pedro disse...

há aqui uma confusão entre Natureza e comportamento. A existir uma Natureza humana, o que eu dúvido, esta suposta Natureza pode ser observada de tantas perspectivas que nunca mais vamos dormir.

Pedro disse...

essas ideias de uma Natureza humana têm produzido resultados maravilhosos, como o Nazismo, o Comunismo, Fundamentalismo e outras tantas formas de intolerância e afirmação de Superioridade.

Pedro disse...

e só mais uma coisa, peço desculpa: na ascese do Kazantzakis lê-se qualquer coisa como: com cada um, nasce uma nova possibilidade. De resto, a Moral, já me diziam no outro dia, a gente lê as cartas do Séneca, acha piada, mas não liga nenhuma. Leiam-se os salmos e a Ilíada, e boa noite.

Anónimo disse...

Concordo com Rosseaux, quando defende no " bom selvagem", que a violência não é Hereditária.
Todos nascemos bons e puros.È infelizmente o meio que nos torna violentos.
assim, a educação inicial, mais do que nunca tem de apontar na dircção certa, sob pena de por influencias externas, descarrilar por mau caminho

Rivka disse...

Great blog!

All I can give you in regard to this post, which I think is a great question to ask, is objective information via the bible. First we have to realize we were born as sinners. The bible says that all of us have sinned and fall short of the glory of God and that our hearts are desperately wicked-who can know it.

God is a holy God and can't stand in the presence of sin. Adam and Eve sinned and broke their relationship with God. They were seperated for the first time from God. So he provided the first animal sacrifice for their sin. Throughout Old Testament History God required a sacrifice for sin via spotless lambs and other animals for other types of sin.

However, it was all part of His great plan to provide a permanent way to resolve our sin issue that seperated us from Him. He did this by wrapping himself in flesh and coming to earth. Jesus, God's son and also God, came to earth to be that spotless, perfect sacrifice for our sins once and for all. He died on the cross and literally took on our sins. He rose again to seal the deal. It is finished. We now have salvation through Jesus Christ.

We just believe and if we are ready, we respond to Him and ask Him to take the controls of our life. We hand our life over to Him.

I did that 20 years ago and He has given me a hope and peace and my relationship with Him as been restored. I am forgiven!

Francisco Castelo Branco disse...

Pedro mas sem o nazismo, fascismo, fundamentalismo nao teriamos chegado onde estamos hoje. Num mundo onde impera a liberdade....

E então o capitalismo? e a democracia? é fruto do quê? de pessoas boas e sensatas?
Porque apesar de tudo a democracia tem algumas lacunas....

Na minha ideia, penso que o ser humano nasce e isso nota-se na infancia, onde as crianças tem o prazer de gozar com os outros. São más ou se quisermos são "malévolas", não no sentido mau da palavra mas em termos de gozo....
As crianças tendem a gozar por divertimento, isso mostra o seu lado mau....

Não acredito que nascemos bonzinhos. Isso também se nota quando somos levados a fazer asneiras. Porque tendemos claramente a fazer aquilo que nos proibem. Daí a palavra NÃO ser a mais ouvida...

Agora na minha opinião acho q nao nascemos bonzinhos. Apesar de achar que "nascemos" malévolos e nos primeiros anos tendemos para esse campo, o facto e nisso concordo com o anónimo que o é o meio que muitas vezes nos leva a tomar uma certa direcção. Pode ser bom ou mau, mas na maioria das vezes é o mau, porque a tendencia para o gozo é maior quando somos menores

Francisco Castelo Branco disse...

Agora pergunto : é possivel uma pessoa má se tornar boa? e vice-versa?

Ferreira-Pinto disse...

Ao que julgo perceber, andas mais próximo das teorias de Thomas Hobbes do que das de Jean Jacques Rousseau.

Pedro disse...

Democracia? Onde é que essa coisa existe? O Capitalismo é uma coisa boa? Para alguns deve ser.

Sinceramente, ainda não consegui perceber nada. Como é que uma criança é má? O que é que é uma boa pessoa? E sensata? Por exemplo, o Thoreau era sensato? E isso fazia dele boa ou má pessoa?

em azul disse...

Não creio que se possa generalizar... ainda bem!
Abraço
em azul

expressodalinha disse...

Como é fácil dizer que somos todos pecadores de raiz e temos de nos redimir acreditando em seres superiores. Poucos são os que chegam pela via racional à fé e à transcendência. E, para mim, só esses têm valor. Os outros têm apenas medo. Quanto a bons e maus é tudo tão relativo e os valores têm variado tanto ao longo da história que mais vale adoptar um comportamento de tolerância responsável, do que de intransigência segregadora. Se somos naturalmente bons ou maus, ou se é o meio que nos transforma, há as duas teorias. Conclusões... nenhumas! Acho que é daqueles mistérios que vale a pena manter ou ainda acabamos a tomar uma vacina qualquer!

Francisco Castelo Branco disse...

Mas como manter?

A minha questão vai no sentido de saber como é que se nasce? Quais os valores?

E eu pego no exemplo da criança para dizer que esta tem tendência para gozar com os outros. Por ex quando alguém cai, se magoa... O primeiro sentimento é de riso e satisfação
Mais: Quando vemos alguém na rua e cai. Ou quando alguém cai das escadas? Qual o primeiro sentimento? rir ou chorar?
Rimos porque essa pessoa cai e fez "um" disparate... o simples cair dá vontade de rir...
E nem sequer pensamos no sofrimento dela ao ter cáido. Isto independentemente de se ter magoado efectivamente ou nao!....

A minha pergunta é porque temos estes comportamentos?
Porque será que dá vontade de rir?
Porque somos maus interiormente?
Que haverá para mudar isso?

expressodalinha disse...

Muitos são genéticos, outros são claramente induzidos pelo meio ambiente e pela educação.

Manuela Araújo disse...

E ao nascer não somos exactamente iguais a todos os outros seres vivos...? Se bem que o nosso instinto de sobrevivência esteja cada vez mais frouxo e o nosso tempo de aprendizagem seja mais longo que o de qq outro "bicho"... só ganhamos (até ver) porque temos esta capacidade de armazenar conhecimento e de o transmitir... criamos e vivemos em sociedade... dp há as leis, regras, moral o senso comum, que mudam ao sabor dos ventos.... mas que se vão "colando" a nós. o bebé que nasce é igual em qq parte... não é bom nem mau... é produto de uma única lei a da sobrevivência que é comum a todos os seres.

Francisco Castelo Branco disse...

concordo, mas a genética conta muito também....

Até porqe é mais dificil moldar uma pessoa má em boa e vice-versa........ consoante a genética for..

Isabel Magalhães disse...

Lembrei-me da história do índio que tinha dentro dele dois cães, um bom e um mau, sempre em luta. E qual vence? ter-lhe-ão perguntado. Vence o que eu alimentar melhor.

I.

aleg disse...

num dos comentários falou-se sobre a "natureza" e " os comportamentos"---
é provável que as duas coisas queiram dizer a mesma coisa.

os chineses já fizeram uma tentativa de sistematização, através do seu Horóscopo... lá os distintos animais representam as diferentes "naturezas comportamentais" dos seres humanos..
de facto, aquilo é o mais próximo da verdade... só que na Terra existem e co-existem muito mais do que os 12 animais chineses...
conclusão: só é possível descernir a "natureza" do ser humano, se se sabe reconhecer o comportamento do animal, com o que é mais comparável, e dali temos a aproximação bastante fiel da natureza do ser que queiramos indagar-conhecer...
E não fica por ali a coisa:
uma vez reconhecida a natureza do homem em questão, age-se em consequência:---se é um lobo--não se lhe põe a mão na boca...se é um escorpião, não se lhe toca...
e se é um cão, dá-se-lhe de comer...etc.

Francisco Castelo Branco disse...

Natureza é o nosso ser. Aquilo que somos, as nossas opções, gostos, defeitos, crises, alegrias

Comportamentos tem a ver com aquilo que fazemos perante diversas situações.

A nossa primeira namorada, o nosso primeiro emprego, os stresses

Cada um de nós tem uma natureza diferente.
E os comportamentos tb são distintos.
Diferentes porque tem a ver com a dita "natureza"...

Não sou filosófo. Mas parece-me que são conceitos distintos

Francisco Castelo Branco disse...

E para acrescentar:

parece-me que a natureza tem a ver com o sermos bons ou maus. Termos raiva, colera, amizade ou amor.

E isso depois reflecte-se nos comportamentos.

Se somos bons , actuamos de maneira alegre e feliz.
Etc etc