Etiquetas

domingo, 30 de novembro de 2008

OLHAR A SEMANA

Uma semana fria e chuvosa, em que ninguém esteve bem. Em Bombaim ataques de extremistas de contornos pouco claros, mas resultados eficazes. Dezenas de mortos. Um cidade em estado de sítio. Turistas reféns. Judeus assassinados. O mundo novamente em pânico. Será Caxemira? Será o Paquistão? A Índia é um barril de pólvora com as suas desigualdades abissais. O seu sistema de castas irredutíveis. Um desenvolvimento científico e económica, contrastando com uma pobeza infra-humana. Religiões rivais. Dissidências mal resolvidas. E, no entanto, é a maior democracia do mundo. As autoridades investigam. Teremos respostas ou apenas mais perguntas?
Ainda a chuva a causar um dilúvio no Estado de Santa Catarina no Brasil, causando mais de cem mortos e dezenas de desalojados. Um palavra de solidadariedade para todos aqueles nos visitam desse país irmão.
Por cá, a trapalhada envolvendo os gestores do BPN continua. Cavaco Silva para sair do atoleiro enterra-se mais declarando publicamente onde tem os bens e Dias Loureiro faz que não é nada com ele e mantém-se Conselheiro de Estado, enquanto o PSD parece um cemitério que arrasta cadáveres de ex-dirigentes cavaquistas, mais ou menos corruptos, atrás de si. Fica fácil para Sócrates que só tem problemas com os professores que continuam endiabrados na luta pela auto-avaliação.
Até o Bloco de Esquerda conseguiu andar mal. Zangou-se com o seu vereador na Câmara de Lisboa e retirou-lhe confiança. Uma purga ao bom estilo soviete-chique. O Bloco perdeu a vantagem que tinha à esquerda para o PCP que se mantém mais credível, isto é mais estalinisticamente empedernido. E depois dizem que o poder não corrompe!
No futebol os jogos agora mudam aos 5 e acabam aos 10. A provar que com o Brasil não foi por acaso, o Benfica comeu 5-1 do Olympiacos e o Sporting 5-2 do Barça. Toda a gente quer jogar com equipas portuguesas.
Enfim, nem tudo foi mau. O "Ephedra", esse grupo mítico dos anos 70, ressurgiu das cinzas, qual fénix, e lançou um disco, depois dum magnífico concerto de que ainda estou a recuperar. Vá lá!
Jorge Pinheiro

8 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

Destaco o mau comportamento das equipas nacionais nas provas europeias....

O problema nao foi perder, mas sim serem goleadas

Até o Braga perdeu, qual é a sina de nao conseguir aguentar a avalanche de supostos mais fortes?

Será que o psicológico é que pesa?

Também por cá vamos assistindo a um diluvio bancário!

Agora sim, Socrates começa a admitir que estamos perante uma "recessãozinha", mas é só INha!

Como atingiu o poder económico, Socrates já cede. Quando era a crise nas familias....Socrates andava aí todo confiante...

Eduardo P.L disse...

Jorge,

obrigado pela solidariedade para com o povo de Santa Catarina!

Forte abraço

Danies disse...

Bom Blog. Parabéns. Gostei. Bons inquéritos, textos e fotos. Cheira muito a Direito :) mas não de mais.
Muito bom.

João Rasteiro disse...

Dei uma vista de olhos muito rápida - prometo voltar com mais tempo - e pareceu-me um blogue e temática (até para eu poder respirar um pouco mais fora da "minha área" - poesia e literatura)bastantes interessantes e diversificados, até pelas pessoa que "gerem" o blogue e os seus conteúdos. E como costumo dizer: "entre cá e lá" apenas o odor da maresia do longo mar salgado em seu belo canto de gaivotas.
Um abraço a todos os que gerem/trabalham o blogue,

João Rasteiro

roserouge disse...

Belo post, Jorge. Nesta semana horrível que passou, salvou-se a intervenção da camarada Odete Santos no congresso do PCP que, desabrida e constipada, se pôs a citar Ésquilo, a declamar poesia, abanando-se toda, revirando os olhos, enquanto o camarada Jerónimo, lá em cima punha as mãos na cabeça e pensava "oh, meu Estaline, que fazer agora?!"

expressodalinha disse...

Eduardo: é o mínimo que posso fazer. Agora é o rescaldo. O dilúvio já passou.
Rose: o discurso, sempre surrealista, da camarada Odete já foi no Domingo...

Francisco Castelo Branco disse...

Foi emocionante e comovente....

Notei no discurso de Jerónimo já um certo corte em relação ao passado.
Que nao se verificou no modo de votar...
mas regras sao regras

Livreira disse...

É sempre muito útil visitar o «OLHAR DIREITOB »,excelentes comentários, e uma visão lúcida sobre a nossa, uma vez mais,apagada e vil tristeza.
Olhar generoso que compartilho na solidariedade com o martirizado povo de Santa Catarina.
Parabés !!, vou continuar a segui-lo

Share Button