quarta-feira, 19 de novembro de 2008

olhar o livro

Sándor Márai é um daqueles escritores que já vou quase tratando por tu.
Ficou-me no vício de ler e eu gosto de ter alguns vícios.
Sándor Márai tem o à vontade de conversar connosco em discurso indirecto, a leveza de nos pôr a ver e ouvir as personagens através de um discurso de narrador feito por uma só personagem. Coloca-nos a narrativa sob os olhos num discurso vertiginoso de três pessoas que nos contam a sua versão dos outros dois e constrói uma vida do princípio ao fim do livro.
É o que acontece no livro "A mulher certa".
O amor de uma mulher por um homem que toda a vida amou outra mulher que não era a sua, que nunca foi sua apesar da ilusão e que o detestava...mas fingiu que o amava, por vingança... por maldade,... por frieza....O esconder de sentimentos, o jogo de fingimentos e a crueldade de alguém que prendeu outra pessoa a si apenas pelo capricho de o fazer.
Uma época, três vidas,....em Budapeste...
Uma mulher descobre que o marido tem uma paixão....Um homem conta como abandonou a mulher por outra.... uma outra conta como casou com um homem para sair da pobreza...
Três vidas interligadas e Sándor Márai que os conhece por dentro e por fora, como quem conhece as misérias humanas.
Uma escrita plena de reacções humanas que ele não pinta de cor de rosa e descreve nu e cru........
Vale a pena ler e conhecer e saber também que foi ele quem escreveu "As velas ardem até ao fim".
- ACCB

5 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

mas o livro tem a ver com a mentalidade hungara?

tb nos mostra alguns taços dessa faceta?

expressodalinha disse...

Fiquei com vontade de ler.

Cleopatra disse...

Não Francisco
Acho que mostra mais os traços da faceta de um homem que viveu durante o regime de Horty nos anos 20 e assistiu à chegada do regime comunista... e emigrou para os EUA.
Sándor Márai suicidou-se....em 1989... ele conhece por dentro o sofrimeto humano.

No post não falo do escritor... mas sim do livro...
Mas claro... um livro espelha sempre um escritor e a sua época, a sua vida e os seus sofrimentos alegrias etc...

Cleopatra disse...

Leia Jorge, vai gostar E leia "As velas ardem até ao fim".

María disse...

Estoy contenta, porque he descubierto la manera de traducir tu blog, a través de la herramienta de google, para lo cual, ya puedo, perfectamete, leer tu blog al castellano.

Interesante es tu blog, porque en él hablas de muchos temas, como también apasionado debe de ser ese libro.

Gracias.

Un beso.

Share Button