quinta-feira, 17 de julho de 2008

Rumo à Casa Branca, divide o Iraque

No primeiro confronto Obama e Mccain abordaram o tema do terrorismo. A guerra do Iraque,no Afeganistão e os seus efeitos na paz mundial. Obama afirma que o Iraque foi um erro estratégico. Apenas que o Afeganistão é necessário. Ao perder a Guerra no Iraque está necessariamente e perdê-la no Afeganistão. Porque o que interessa é capturar Bin-Laden. Barack Obama acrescentou ainda que o Paquistão também é território inimigo. Será uma nova frente de batalha? John Mccain considera que não se ganha o Afeganistão sem se ganhar o Iraque. Por isso, se for eleito Presidente dos Estados Unidos não retirará nem do Iraque nem do Afeganistão. Já Obama retira imediamente as tropas norte-americanas do Iraque. Concentrando-se apenas no Afeganistão............e Paquistão!. A Guerra no Iraque teve um propósito muito especifico. A do Afeganistão também. Mas as duas estão relacionadas. Com o mesmo objectivo. Embora a visibilidade da guerra no Iraque seja maior. Como as baixas e as "opiniões" internacionais. Por isso, a grande questão que se coloca é saber se haverá condições para retirar do Iraque. Sem ter consequências no Afeganistão.

2 comentários:

Andréa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andréa disse...

Toda vez que leio algo sobre as ações militares dos Estados Unidos me pergunto: por que será que eles se acham donos do mundo e/ou guardiões da paz mundial?
Muito interessante o blog.

Share Button