quarta-feira, 2 de julho de 2008

Não sejas cretino, ó palhaço!

Li recentemente no jornal Global Notícias um editorial no qual o autor relatava os horrores que teve de suportar numas férias em que privou com outros portugueses, os quais pelos comportamentos apresentados eram seguramente de classes baixas, imputando a responsabilidade desta coabitação à existência das companhias de low cost. É impressionante como a simples leitura de tão poucas palavras nos permite tirar tantas conclusões sobre o autor das mesmas. Em primeiro lugar, ficamos a saber que este senhor, para além de pertencer a uma casta superior, é cretino (nada de tirar conclusões semelhantes a partir deste texto). Ficamos também a saber que a solução para o comportamento menos correcto de alguns portugueses não é educá-los, é mantê-los fechados no seu país. Sempre ouvi dizer que o contacto com outras culturas permite o alargar de horizontes, a partilha de experiências, o enriquecimento do indivíduo. Mas não de acordo com o iluminado do editorial, para ele a experiência de viajar deveria estar reservado apenas a quem se soubesse comportar, como ele, a pessoas de fino trato, como ele. Os restantes era metê-los no campo, a cavar a terra, onde certamente já não poderiam danificar a imagem do nosso país. Efectivamente, alguns portugueses cometem excessos quando vão de férias, ainda mais quando para muitos o aparecimento de preços razoáveis veio permitir uma primeira experiência no estrangeiro, sem ser nas obras ou a limpar os WC locais. Mas daí a tentar negar-lhe o direito a aproveitarem a vida, acho que é um bocado exagerado. Ainda mais quando temos exemplos de estrangeiros no nosso país, com profissões altamente conceituadas, que se hospedam em locais idílicos e fazem os seus repastos descontraidamente mas se esquecem dos filhos no quarto... e tenho a certeza que não devem ter vindo em low cost.

Até sempre,Rafeiro Perfumado

texto de Rafeiro Perfumado, autor do blogue http://www.rafeiroperfumado.blogspot.com/

2 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

ainda sem comentar a essência do texto que está muito bom, coisa que farei mais tarde


Só para que fique registado que acabamos de alcançar as 5.000 visitas!

Rafeiro Perfumado disse...

Essa marca foi certamente à conta deste texto! ;)

Abraço e obrigado pelo convite, permitiu-me fazer algo que gostaria de fazer mais vezes, que é escrever sobre o assunto do dia, ainda quentinho!

Share Button