Etiquetas

terça-feira, 29 de julho de 2008

Café e Cigarro : Vício ou gosto?

Quem não dispensa um cigarro e um café?
São talvez dos nossos maiores vícios e dos produtos mais vendidos em Portugal. E no mundo.
Um serve para nos acordar, para nos dar energia e o outro para "fumarmos" qualquer coisa. Para termos qualquer coisa na mão.
Há quem não goste de café nem de fumar. Mas fá-lo por necessidade. Ou por vício. Porque simplesmente "tomou-lhe" o gosto. E também por vaidade e aparência. Porque dá "estilo" beber café e ter um cigarro na mão.
Ambos fazem mal à saude, quando são excessivamente consumidos.
Porque durante um dia, o café e um cigarro são "consumidos" várias vezes. Daí o vício.
Quantas vezes não "vamos tomar um café"; quando na realidade apenas queremos conversar. Ou "vou fumar um cigarro lá para fora"; servindo de pretexto para interromper o trabalho ou "dar" um toque de conversa......
Gostam de café e cigarro?

5 comentários:

Poeta do Penedo disse...

Gosto dos dois. Café sem açúcar, porque sou bom apreciador. Um cigarro fumado na altura certa, e nem todas as alturas são as certas para se fumar um cigarro,alivia a ansiedade, pois fumar é uma necessidade muito mais psicológica do que fisiológica.
Não aconselho. Muito menos agora, desde que foi implementada a lei do tabaco, os fumadores são alvo de um rebuscado tipo de discriminação, além de que, evidentemente, não é saudável.

Márcio disse...

Antes de mais, parabéns pelo promoção que fez do blog. È assim, com esse trabalho que se consegue ganhar leitores...

Parabéns pelo blog, pelos novos membros que espero que realmente tragam algo de bom (pelo menos, a avaliar pelos blogs pessoais, estou certo que sim).

Eu cá, apenas tomo café. Não o tomo todos os dias para não ganhar vício, apesar de pela experiência acho que não ganho vícios. Isto além de ser muito agarrado ao dinheiro lol e o tabaco ia-me causar muitos gastos :)

Patti disse...

Um não passava sem o outro e daí que quando larguei um, também deixei o outro.

Nas Pontas dos Dedos disse...

e não está entre os momentos de sensualidade aqueles em que o fumo é expelido lentamente pelos lábios húmidos e semi-abertos num corpo nú no qual desce trémula a lágrima do vinho cor de sangue pela pálida pele quente?

Francisco Castelo Branco disse...

de facto esse momento tem muita sensualidade, de facto

Share Button