Etiquetas

terça-feira, 27 de maio de 2008

Festival dos Amigos

Estava no sábado a acompanhar a tradicional fase das pontuações no Festival da Eurovisão. Sim, porque as musicas são piores do que aquelas que por cá se cantam. Mas não foi isso que me chamou a atenção. Por exemplo: Quando foi a representante da Eslovénia a votar, as seguintes escolhas foram: Croacia, Bosnia e Sérvia. Foi um dos muitos exemplos de cumplicidade entre os paises balcânicos, nórdicos, de leste e ligados á Russia. Também é verdade que na Peninsula Ibérica houve retribuição de votos
Mas terá a Festival da EuroVisão cumplicidades politicas e geográficas? Não estará a musica relegado para segundo lugar? Não é esse o espirito do Festival......?

18 comentários:

expressodalinha disse...

Comentário prévio: aquilo não é música. É um conjunto de notas pré-fabricadas e standartizadas, transformadas em show televisivo de formato competitivo. Não interessa quem ganha. As músicas são todas más.
Agora, é evidente que há cumplicidades geográficas. But who cares?!

Francisco Castelo Branco disse...

As musicas podem ser todas más, mas quem as canta tem muita qualidade feminina

Lusitano disse...

Se as músicas são boas, sinceramente, por razões óbvias, só um me captou a minha humilde atenção: foi a música Portuguesa.
Em referência à pontuação é um escândalo a politiquice que aparentemente fertiliza!
Sabem mais alguma coisa do que ganhou o ano passado? É tudo muito descartável.
Saudações.

Francisco Castelo Branco disse...

É notória a cumplicidade entre os paises balcâs e os de Leste.
Porque são mais e têm mais habitantes.

Mas nada há a fazer.
Desde que Arménia, Israel e Afeganistão entraram no concurso foi mais uma acha.

Só mais uma nota:
De todas as musicas que ficaram na frente a lingua em que foram cantadas tinha o Inglês como denominador comum.
Isto quer dizer alguma coisa

Devemos preservar a nossa lingua, mas se calhar para Ganhar há que cantar noutra lingua

valerá a pena?

Nuno Alves da Costa disse...

Não vi o festival, por isso posso estar a cometer um erro no meu comentário, mas é natural que países próximos tenham tendência a criar uma empatia nas suas músicas.

Penso que uma música da Eslovénia não nos diga nada em especial, tanto mais que desconhecemos a língua, a sua cultura, valores, etc. Temos tendência a identificarmo-nos mais rapidamente com músicas de países vizinhos, que conhecemos melhor a sua história, a sua música, a sua língua, mesmo certos valores são partilhados entre essas culturas. Coisa que não existe entre países distantes.

Francisco Castelo Branco disse...

Concordo.

Só que existe neste caso é a existência de um grupinho.
Até porque eles são muito mais.

perde-se um bocado o espirito do festival

É de notar que paises como a Alemanha, Espanha, França e UK não tenham peso neste concurso.

Tem também a ver com uma questão cultural
Visto que estão todos perto um dos outros

Se calhar, no antigamente, havia mais limpeza e competitividade neste tipo de concursos.

São os efeitos do alargamento....

Are you real? disse...

Ainda me lembro da altura em que Portugal votava na música de Espanha e o contrário não acontecia, e levava-se aquilo a mal!
Está quase instituido pelo menos uns poucos pontinhos de cortesia entre vizinhos.

A.Braz disse...

Obrigado pela tua visita lá na estação.
Numa frase: gostei do teu blogue.
Na minha opinião esem qq tipo de presunção, apenas faria posts mais curto e não faria tantas interrogações (excepto se pretenderes que seja essa uma das imagens do teu blogue), o que tornaria mais assertivo este espaço. Mas é só a minha opinião, pois valorizaria as tuas opiniões que no meu entender tem bastante susbtância.
Um abraço e vou continuar a passar por aqui. Posso linkar o teu blogue?

A.Braz disse...

Em relação ao festival da canção: penso que perdeu o seu timing. Tempos houve em que servia para "descobrir" tendências e estilos, algo que hoje, num mundo glogal, as editoras e os media nos trazem com muita antecedência.
Os festivais sempre estiveram envoltos em polémicas de conotações politicas das votações, que de tão evidentes se tornavam patéticas. Mas não será assim em todas as manifestações socias, culturais, desportivas, etc, em que haja representação dos países? e não são tanto maiores quanto a subjectividade dos critérios? (estas interrogações são em homenagem ao teu blogue, Francisco. Um abração)

Francisco Castelo Branco disse...

A.braz, claro que sim e muito obrigado

anokas disse...

Sinceramente!!!
Eu não tenho paciência nenhuma para o Festival da Canção, acho uma seca.

Folclore europeu
Portugal nunca ganha de qq maneira.

Nuno Alves da Costa disse...

No antigamente fazia algum sentido, não havia a divulgação que hoje existe, e os concursos eram coisa rara. Hoje o mundo é diferente, e o festival da canção perdeu o seu significado. Antigamente só lá ia quem tinha jeito para a música, hoje quem tem jeito para a música tem todos os meios à disposição para ter sucesso (até mesmo quem não tem qualidade tem sucesso, impensável há uns anos atrás) deixando este tipo de programas para quem não conseguiu os seus 15 minutos de fama de outra forma...

Se por um lado era giro tentar manter a mística de um programa reconhecido por toda a gente, está a cair numa degradação que até dá dó!

Francisco Castelo Branco disse...

Sim velhos tempos em que ganhavam os ABBA, Doce, Dina, entre outros.....

Hoje em dia quem ganhar praticamente nao tem futuro no mundo da musica

Nuno Alves da Costa disse...

E quem perde também não tem futuro...

Aquilo é quase como ir aos jogos sem fronteiras, vão lá, convivem um bocado e depois vêm para casa e retornam à vida que aqui deixaram...

Francisco Castelo Branco disse...

Pois, que saudades tenho eu dos Jogos sem fronteiras

Considero que o Festival da canção é uma manifestação de juntar a Europa.
Espécie de europeu da musica

Como a Europa anda toda dividida

Nota para as divas de Leste.....

Francisco Castelo Branco disse...

Anokas eu também acho uma seca,
Só gosto mesmo da parte das votações

E só me apercebi desta questão este ano
De facto havia qualquer coisa estranha

Ao fim de um pouco, ja nao havia emoçao

E mais.....

consegui acertar na escolha da Eslovenia:
Croacia, Bosnia e o anfitrião Sérvia

Nuno Alves da Costa disse...

E Portugal votou em quem?

Francisco Castelo Branco disse...

Votou na Espanha, ucrania e nao sei mais quem......

tivemos pontos de Espanha e França (os mais significativos)

Também por laços afectivos hehe

Share Button