quinta-feira, 22 de maio de 2008

Cine Direito - A Ultima Cartada

Como o vício do jogo se pode transformar num pesadelo... Excelente história e muito bons actores "em Las vegas podemos ser quem quisermos"... Será assim?

7 comentários:

Luis Miguel disse...

Eis um filme que me deixou curioso, sobretudo por se basear numa história verídica. Ainda não o vi, mas está na lista.

Agradeço pela amável visita e espero que o faça mais vezes. Tomei a liberdade de incluir este espaço no meu link de recomendáveis.

Abraço.

São disse...

Agradeço a visita e a amabilidade de pedir a minha opinião sobre este espaço.
Como imaginará, não li todos os textos. Mas da viagem que fiz, fiquei com muito boa impressão.
Saudações.

São disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge P.G disse...

Li o seu apelo à São para que o visitasse. Olhe, afinal, veio ela e vim eu!
espero que não se importe.
Quando me "cheira" a blogue de gente nova, gosto de de lá ir, para ler o que a malta nova tem para dizer.
Gostei do que vi e li.

Sermos o que quisermos em L.A.? TENHO GRANDES DÚVIDAS! Lá, ou noutro lugar qualquer deste planeta!

Saudações e boas viagens blogosféricas.

Jorge P.G.

Francisco Castelo Branco disse...

Obrigado pelos comentarios

Nós só somos quem quisermos ou nao?

Simplesmente Detalhes disse...

Aguçaste meu lado cinéfilo...
Mas quanto a pergunta, somente assumimos o cena´rio e personagens que nos convém consoante o meio envolvente e também em anuência com as respectivas proporcionalidades...
Mas sério é mais fácil sermos nós do que assumir diversos papéis, a felicidade é algo sui generis e por vezes um caso sine qua non....
Prefiro ser eu... dá menos trabalho...hehe
Parabéns este filme de facto tem uma história peculiar...

Francisco Castelo Branco disse...

Será o vício do jogo pior do que a da droga?

Share Button