Etiquetas

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Da fama até ao desconhecimento.....

Existem muitos casos de pessoas que sobem rapidamente a um patamar famoso que rapidamente descem à realidade.
São casos de actores, desportistas, politicos, vencedores de concursos milionários....
Não sabem gerir a sua fama e rapidamente perdem o estrelato. A ascensão mediática é celére. Tão célere que nem têm tempo para gozar a fama.
Porque será que isso acontece?
Dinheiros mal geridos, aproveitamento dos tais "15minutos" de fama, o experimentar de novas sensações levam estas pessoas a rapidamente a "cair na real". Depois, é necessário recorrer a psicólogos e psiquiatras para recuperar desta descendência. Há quem tenha mesmo livre-trânsitos para clinicas psiquiátricas.
Curioso é o caso dos actores e vencedores de concursos milionários.
Lembram-se Macaulay Culkin? a rapariga do E.T.? E o famossissimo Zé Maria? Por anda ele?
O facto de terem enriquecido leva-os á loucura total, deixando-os sem nada. E depois disso? o que acontece?
Como saber gerir a fama?
E se fossem famosos entrariam na loucura ou eram cautelosos?

9 comentários:

Filipa disse...

se fosse famosa acho que finalmente aprenderia a proteger a minha vida...coisa que dificilmente sei fazer.

gosto do blog!

Fernando Vasconcelos disse...

O problema está precisamente na ascenção demasiado rápida dos nossos dias. Criam-se (literalmente- criam-se) estrelas de pacote que claro que não estão maduras nem justificam pelo mérito artistico a fama de que dispõem. Muitas (a maioria) dessas pseudo-estrelas são simplesmente de plástico sem qualquer mérito artistico que fundamentem a fama de que dispõem. É claro que a queda na realidade, quando são substituídas pela próxima embalagem é dura se não tiverem tido a lucidez de perceber que não eram mais do que isso. Estrelas de pacotilha a (curto) prazo certo.

quinTarantino disse...

Discreto, muuito discreto: eis como procuraria ser.

expressodalinha disse...

Eu era meio gás. Não consigo ser totalmente discreto mesmo agora... e não sou famoso! De qq forma há estrelas que não se imaginam, nem se desejam velhos: Jimi Hendrix; Jim Morrison... Do meu ponto de vista, perfeitamente egoísta, ainda ben«m que morreram cedo. No mais, estou de acordo com o Fernando Vasconcelos.

Fernando Vasconcelos disse...

Ah pois mas será que essas estrelas alguma vez seriam verdadeiramente "velhos" mesmo que tivessem 90 anos ? Ou será que se calariam quando sentissem que já nada tinham para acrescentar? Ou ainda será que nunca se calariam e permaneceriam eternamente jovens? Hendrix, Morrisson, Elis, Brel que morreram relativamente ou absolutamente novos não o seriam sempre? Inovadores, provocadores ? Verdadeiros artistas? Pessoalmente penso que sim e lá está esta é também uma parte da resposta ... uma verdadeira estrela não tem que se preocupar com o fim do seu brilho. Porque das duas umas ou acontece porque se esgotam as ideias novas e então aceitará normalmente que terminou o seu período criativo e dedica-se a outras coisas ou então descobre sempre novas formas de alimentar o fogo e será sempre uma verdadeira estrela ...

Francisco Castelo Branco disse...

Mas porque é que as estrelas caem tão rapidamente?

Nomeadamente quando são novos...

O que mais me impressiona é a idade com que atingem a fama...

C.Ronaldo - 23
Macaulay culkin - 15,16

Entre outros

Nao percebo que rumo e que seguem após o estrelato
Sim porque isso dura pouco tempo

Exemplo
Tinha uma amiga que é actriz
Teve o seu auge.
Outro dia vi-a no concerto dos Police e estava completamente embarassada.

A minha questão é saber de que é que se dedicam após a fama?
Sem estudos, habilitações.
É dificil hoje em dia arnjar empregos sem isso....
Nao querendo ser chauvinista...

Francisco Castelo Branco disse...

Será que essa ascensão não é utópica?
Não é muito criada pelos media?
Nao se aproveitam disso mesmo?
Só que depois aparece alguém mais rejuvenescido do que essa pessoa , e ja tás esquecido....

Francisco Castelo Branco disse...

E o efeito que a fama tem na vida social?

Cada vez que alguém conhecido vai na rua parece que é "caiu o mundo"..
Como se sentirão essas pessoas?
E depois da fama passar será que não sentem falta desses mimos?

E nao me vejo no papel de famoso.
Seriam demasiados holofotes para mim.
E ainda por cima ser reconhecido por ser actor, vocalista, modelo, ou qualquer coisa do género não é bem o meu estilo
Prefiro ser reconhecido pelo meu trabalho feito. No meu curso, por um professor um colega. Acho que tem muito mais valor esse reconhecimento.
É mais gratificante.
É um esforço verdadeiro que foi reconhecido......
Gosto mais deste tipo de "fama"..

expressodalinha disse...

Todos gostamos da fama. Cada um há sua maneira. É preciso é saber geri-la. Isso não é fácil e quando se é mais novo, pior.

Share Button